No mês de maio tivemos a chance de conhecer o projeto Mulheres + Tec da Fapesc (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina), que foi apresentado durante o encontro de centros de inovação no Novale Hub.

Esse programa surgiu depois que a FAPESC realizou uma pesquisa e descobriu que entre as empresas que participavam dos programas de fomento, apenas 25% eram lideradas por mulheres (isso no âmbito nacional cai para 7%). Dessa forma, o programa Mulheres + Tec destinou 1,4 milhão para fomentar 24 startups catarinenses, cuja participação societária fosse majoritariamente feminina.

O fomento de R$ 60 mil destinado a cada empresa poderá ser usado para aquisição de equipamentos, materiais, serviços e consultoria. Além disso, teremos acesso a capacitação realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) do estado. 

Confira abaixo todos os aprovados na região norte:

Os programas de fomento voltados para mulheres são importantes para abrir caminhos e oportunidades, mostrando que é possível atuar na área de tecnologia. O empreendedorismo feminino no Brasil ainda é um grande tabu, e está relacionado mais a necessidade do que a oportunidade. Apesar do número de mulheres empreendedoras estar subindo, na prática ainda vemos as salas dos workshops que participamos cheias de CEOS homens e brancos.

Parabéns a FAPESC por essa iniciativa, por acreditar nas empreendedoras catarinenses e na DuMeio!

Quer saber mais sobre a motivação do programa Mulheres + Tec, é só clicar aqui.


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.